Santa Rita – Tubulações Galvanizadas Unidas por Acoplamentos

Santa Rita - Tubo Galvanizado Unido por Acoplamento

Adutoras galvanizadas são comumente utilizadas em projetos de irrigação ou para transporte de águas pluviais em viadutos, indústrias e edifícios. No entanto, esta aplicação tem se mostrado efetiva também em tubulações emergenciais que suprem a crise hídrica brasileira.

Sabe-se que a seca é um problema que se estende há décadas e gera inúmeras deficiências socioambientais, trazendo um baixo IDH e sofrimento às famílias que vivem nestas condições, além de desenvolvimento nulo da região afetada. Oferecer soluções duráveis, rápidas e com custo/benefício vantajoso – como as adutoras emergenciais galvanizadas – ultrapassa uma simples relação comercial entre compra e venda de produtos. Entra a questão social e humanitária, ao saber que por causa destas tubulações, pessoas são salvas da sede e da fome, podendo viver com maior dignidade.

As dimensões usuais para estes tubos de aço variaram nos diâmetros de 273mm até 622mm com espessuras de 2,00mm até 4,75mm. E, segundo a Norma ABNT-NBR 6323, com camada média da galvanização de 70µm.

A escolha do sistema de tubos helicoidais em aço, galvanizados e unidos por acoplamentos oferece benefícios técnicos, operacionais e econômicos, uma vez que durabilidade, resistência mecânica, facilidade na montagem, agilidade na entrega e baixo custo de aquisição e manutenção são pontos essenciais para êxito do projeto.

Galvanização a Fogo

100% das tubulações de aço precisam ser galvanizadas através do processo de imersão a quente, onde o fato da peça ser revestida interna e externamente traz propriedades para o prolongamento de sua vida útil, pois proporciona proteção tanto do fluido, quando do ambiente.

A escolha da galvanização considera os seguintes pontos:

Resistência ao ambiente externo: As tubulações galvanizadas normalmente são instaladas em ambientes desabrigados, onde sua taxa de corrosão é normalmente linear com o tempo de exposição. Estudos comprovam que a velocidade de corrosão atmosférica do zinco em atmosferas desabrigadas pode resultar em uma durabilidade de 35 a 350 anos, considerando uma camada de 70µm. (2 a 0,2 µm/ano). No entanto, cada projeto possui particularidades que dependem de variáveis e avaliações para definir sua vida útil.

Resistência ao fluido transportado: Questão extremamente importante quando se trata de tubulações é adequar o revestimento ao tipo de fluido transportado, para que a operação do equipamento permaneça de forma plena pelo período previsto.

Durabilidade: A expectativa de vida de tubulações galvanizadas perdura por décadas, desde que sejam mantidas as composições químicas do fluido transportado e a atmosfera especificada.

Velocidade de aplicação: Como o processo de galvanização ocorre em minutos e sem depender de condições climáticas, a instalação final da tubulação é agilizada substancialmente.

Custo/Benefício: A galvanização a fogo possui custos competitivos se comparados a outras modalidades de revestimento, pois adota matérias primas em larga escala e processo produtivo enxuto. O transporte até o canteiro de obras dos tubos galvanizados não requer expensas adicionais, eliminando a necessidade de correções em campo. O fato de proporcionar durabilidade, proteção e vida útil expressiva faz da galvanização o melhor custo/benefício ao longo do tempo.

Custo menor de manutenção: Mesmo que a galvanização, em alguns casos, tenha um valor superior a outras alternativas de revestimento para transporte de fluidos, seu custo de manutenção ao longo do tempo é baixo e isso se acentua positivamente à medida em que as tubulações estejam instaladas em áreas afastadas e isoladas.

Preservação ambiental: Normalmente, por percorrer quilômetros de regiões não habitadas, em meio a natureza e, em alguns casos, cruzando Áreas de Preservação Permanente, o revestimento não pode possuir substâncias voláteis, tóxicas ou que, de alguma forma, prejudicam o meio ambiente. Característica esta que a galvanização não possui.

União por Acoplamentos

Além das vantagens da galvanização, outras questões são significativamente relevantes de destacar quando se soma o tubo galvanizado à união por acoplamentos mecânicos S10 ou S20 que seguem a norma AWWA C-606.

Proteção do revestimento: Como a união neste sistema ocorre sem o uso de solda, o processo é totalmente simples e limpo de realizar. Sendo esta, uma questão fundamental para que a integridade do revestimento seja mantida, não necessitando métodos especiais ou correções em campo.

Fácil manutenção do revestimento: Pelo fato da tubulação, na maioria dos casos, ser aérea, a manutenção ao longo dos anos pode ser feita sem grandes desgastes operacionais e a custos inferiores.

Mobilidade: A galvanização proporciona durabilidade da tubulação por décadas. E, na medida em que os acoplamentos são fáceis e ágeis de se instalar, a adutora pode ser removida ou realocada a outras regiões de acordo com necessidades pontuais ou mesmo sazonalidades.

Todas estas especificidades são plenamente contabilizadas no payback do investimento, tornado extremamente vantajoso o uso dos tubos helicoidais galvanizados em associação aos acoplamentos S10 e S20. A Santa Rita trabalha com tecnicidade, coerência e seriedade para garantir excelência no produto, vida útil e retorno do investimento aos seus clientes.

Referências Bibliográficas:

  • ABNT NBR-6323 – Galvanização por imersão a quente de produtos de aço e ferro fundido (2015).
  • AWWA C-606 – Grooved and Shouldered Joints
  • C. J. Slunder e W. K. Boyd, Zinc: Its Corrosion Resistance, Zinc Institute Inc., New York, 1971.
  • E. Mattson, Tek. Tidskr., 98: 767 (1968).
  • ISO 1461:1999 “Hot dip galvanized coatings on fabricated iron and steel articles – Specifications and test methods”, International Organization for Standardization (ISO), Geneva, Switzerland.
  • Pannoni, Fabio Domingos – Princípios da Galvanização a Fogo
  • Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental: Composição Química de Águas do Cristalino do Nordeste Brasileiro, v.3, n.1, p.11-17, (1999)
  • T. Biestek e J. Niemec, Proc. Inst. Mech. Precyz., 14(2): 38 (1966).

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mais Posts:

Santa Rita - Tubo Galvanizado Unido por Acoplamento

Santa Rita – Tubulações Galvanizadas Unidas por Acoplamentos

A escolha do sistema de tubos helicoidais em aço, galvanizados e unidos por acoplamentos oferece benefícios técnicos, operacionais e econômicos, uma vez que durabilidade, resistência mecânica, facilidade na montagem, agilidade na entrega e baixo custo de aquisição e manutenção são pontos essenciais para êxito do projeto.

Santa Rita - Tubulações para PCH e CGH

Santa Rita: Tubulações para PCHs e CGHs

A Santa Rita atua neste relevante setor de forma expressiva com o fornecimento de tubulações para adução e conduto forçado. São tubos de aço com costura helicoidal com diâmetros de até 2.540mm, além de conexões em aço, acoplamentos mecânicos, peças especiais, manifolds e revestimentos. Para aplicações como esta, é fundamental escolher fornecedores de equipamentos que garantam qualidade e confiabilidade para a plena operação do sistema.

Santa Rita - Tubulação para Irrigação

Santa Rita: Tubulações para a Irrigação

A agricultura irrigada avança de forma consistente no Brasil. De meados dos anos 1980, quando cobria 1,5 milhão de hectares no país, passou a 5,1 milhões de hectares em 2014 e a 8,4 milhões de hectares em 2020. Mas tão importante quanto multiplicar quase seis vezes a área irrigada, foi garantir a evolução dos sistemas empregados em campo, com maior eficiência no uso da água, energia, mão de obra, automação e operacionalização.

Santa Rita – Soluções Tubulares para o Rodoanel

Santa Rita – Soluções Tubulares para o Rodoanel

Na grande maioria dos viadutos do Rodoanel, tanto nos trechos de ida quanto de volta, foram fornecidos tubos helicoidais em aço carbono, galvanizados, unidos pelo acoplamentos mecânicos flexíveis S20. Além disso, a companhia também pôde entregar os suportes das tubulações, bem como conexões-padrão e conexões sanfonadas ao projeto.

Santa Rita: Soluções Tubulações para o Setor Sucroalcooleiro

Santa Rita: Tubulações para o Setor Sucroalcooleiro

A Santa Rita Soluções Tubulares acumula inúmeros fornecimentos de sucesso no país por meio de sua excelência organizacional e, acima de tudo, através da constante busca pela qualidade e solidez no relacionamento com seus clientes.
No Agronegócio, especificamente dentro do setor sucroalcooleiro, é consolidada e atende relevantes companhias agrícolas nacionais e grupos produtores e beneficiadores de etanol e biodiesel do país.

Santa Rita - Soluções Tubulares para a Mineração

Mineração Brasileira e a Santa Rita Soluções Tubulares

O cenário para o setor de mineração é favorável aos investimentos. A expectativa dos especialistas é de que alcancem cerca de US$ 38 bilhões até 2024, valor 40% superior ao previsto no período 2019-2023.
O trabalho da Santa Rita é constante e os investimentos em melhorias técnicas são permanentes para atender de forma exemplar a mineração nacional e contribuir na prosperidade do Brasil.